Sobre o « camarada » Trotsky …

Por ocasião da lembrança do assassinato de Trotsky pelos stalinistas há 80 anos, alguns derramaram lágrimas de crocodilo pelo (mau) gênio da revolução russa.

Podemos lembrar seu papel na repressão aos revolucionários russos não-bolcheviques após 1917, no esmagamento do exército insurrecional na Ucrânia (makhnovstchina), ou mesmo em seus ataques vis contra o POUM e Andrés Nin em 37, enquanto este último estava em sendo torturado pelos capangas de Stalin em Barcelona.

Mas também não esquecemos que no Programa de Transição, escrito em 1938 e que ainda hoje é a Bíblia de todo trotskista qualquer que seja sua seita de filiação, Trotsky pede uma luta até a morte da AIT , a Internacional anarco-sindicalista recria em 1922:

« A Quarta Internacional declara guerra implacável às Internacional anarco-sindicalista »

Programa de Transição, Trotsky, 1938

https://www.marxists.org/portugues/trotsky/1938/programa/cap02.htm#18

Companheiro Anarco-sindicalista, quando você encontra um trotskista, você sabe o que esperar. É melhor prevenir do que remediar, a melhor defesa é o ataque …

Laisser un commentaire

Votre adresse de messagerie ne sera pas publiée. Les champs obligatoires sont indiqués avec *